RELATO SOBRE A TEMÁTICA HOSPITALAR NO ATELIÊ DE PRÁTICA DE PROJETOS IV É PUBLICADO EM CADERNO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO DE ARQUITETURA E URBANISMO

O relato da experiência desenvolvida no Ateliê de Prática de Projetos IV, desenvolvido no 7º semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Campus Torres sob supervisão da Prof. Bianca Breyer Cardoso, foi publicado no Caderno de nº 39 da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo ABEA. A publicação reúne a coletânea de artigos do XXXIII ENSEA – Encontro Nacional sobre Ensino de Arquitetura e Urbanismo, realizado em 2014, cujo tema era o “O Ensino de Arquitetura e Urbanismo: Teoria e Prática”.




O artigo intitulado “Teoria e prática, razão e sensibilidade: difundindo a temática hospitalar na graduação em Arquitetura e Urbanismo” apresenta a experiência de inserção da temática hospitalar na grade curricular, cujo objetivo é instrumentalizar os estudantes com conhecimentos específicos de área reconhecidamente complexa. O trabalho expõe os aspectos teórico-didáticos e conceituais associados, avaliando o resultado do exercício projetual de cinco turmas, desde 2012/2. A principal conclusão é que a difusão da Arquitetura de Ambientes de Saúde na esfera acadêmica vem surtindo efeitos bastante positivos, verificados sobretudo pelo incremento significativo de equipamentos de saúde entre os temas de TCC. Com a maior familiaridade com a área, supõe-se que os futuros profissionais se sentirão mais preparados para encarar os desafios do projeto de ambientes de saúde e, assim, contribuir para a qualificação arquitetônica da rede assistencial, sobretudo em nossa região. 

A versão digital do Caderno está disponível no site da ABEA e traz nas páginas 349 a 358 o artigo completo sobre a experiência, acessível no link abaixo:

https://drive.google.com/file/d/0B1yOFSPeROtJOU1qYi1seEd6ekE/view  


Cabe salientar que a temática hospitalar vem sendo explorada em nosso Campus também no âmbito da pesquisa acadêmica, através do projeto intitulado “Inserção Urbana de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde no Litoral Norte do Rio Grande do Sul”, que busca compreender a natureza das relações que equipamentos de saúde estabelecem com seu entorno, do ponto de vista da estrutura urbana e também das práticas cotidianas. O projeto integra a linha de pesquisa “Evolução Urbana no Litoral Norte do Rio Grande do Sul” do grupo Arquitetura e Urbanismo no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, certificado pelo CNPQ e toma os quatro principais hospitais gerais da região como objetos de análise. A pesquisa, cuja equipe coordenada pela Prof. Bianca reúne os estudantes Guilherme de Aguiar Sparremberger (Capão da Canoa), Gabriela dos Santos de Souza (Tramandaí), Júlia Carolina Zielke (Torres) e Wagner Oliveira de Borba (Osório), foi iniciada no início deste semestre de 2015/1 e apresentará seus primeiros resultados por ocasião do Salão de Iniciação Científica, a ser realizado no final deste ano.
Read More

EXPOSIÇÃO COM FOTOS DAS VIAGENS DE ESTUDOS MARCA ELEIÇÃO DO NOVO CENTRO DE ESTUDANTES DA ARQUITETURA – CEA

No dia 14 de maio de 2015, o curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Campus Torres realizou a eleição para a nova gestão do Centro de Estudantes da Arquitetura CEA. Em paralelo à votação, foi inaugurada a exposição “Viagens de Estudos Arquitetura e Urbanismo”, que reúne registros fotográficos das viagens realizadas pelo curso. As fotografias foram capturadas pelos próprios viajantes, estudantes e professores, e ilustram os diferentes cenários urbanos visitados, passando por cidades como Londres, Paris, Barcelona, Brasília, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, entre outras. Como diferencial, a montagem da exposição, idealizada pela Coordenadora Adjunta Karla Barros Coelho, a Prof. Marione Otto e a monitora Júlia Zielke, estimulou a interação do público, ao deixar espaço disponível para croquis à mão livre, a serem realizados com a exposição já em curso.




A realização em conjunto da eleição e da exposição acabou se tornando um evento especial, pois promoveu a integração entre estudantes e professores, reforçando a parceria entre o próprio CEA e a Coordenação do curso. Contando com 146 votantes, a única chapa concorrente recebeu mais de 98% de aprovação. A nova gestão, composta pelos estudantes Yasmin Souza, Guilherme Mann, Maurício Porto, Maiara Cândido, Everton Marmitt, Matheus Silva, Aline Brito, Emerson Maffioletti, Douglas Rodrigues, Júlia Zielke e Nathália Carvalho, assume mandato de um ano, com o desafio de representar os estudantes, estimular atividades culturais e auxiliar na promoção da permanente qualificação acadêmica, objetivo maior da nossa instituição.     

A Coordenação do curso agradece a todos que participaram da eleição, bem como da exposição, enviando suas fotos, fazendo seus croquis, auxiliando na montagem, votando, apreciando as fotos, enfim, promovendo a interação social que fundamenta a troca de conhecimento.

Ao Novo CEA, desejamos sucesso nesta nova caminhada, para a qual contará com nossa constante interlocução. Por fim, a Coordenação faz um agradecimento especial à Gestão do CEA 2013/2014, composta pelos estudantes Brenda Rodrigues, Katrini Curtinove, Priscila Boff, Rafael Pereira, Gustavo Pinho e Henrique Santos, cuja atuação foi imprescindível na realização de tantos eventos, a começar pelo ArqUlbra III, que marcou o início do seu mandato. 



Leia Mais

VIAGEM DE ESTUDOS 2015/1: DESCOBRINDO PORTO ALEGRE DO PONTO DE VISTA ARQUITÔNICO E URBANÍSTICO

O curso de Arquitetura e Urbanismo promoveu, de 10 a 12 de abril, a segunda edição da viagem de estudos a Porto Alegre, realizada também em 2012 com o objetivo de desenvolver o olhar arquitetônico e urbanístico dos estudantes, ampliando seu repertório formal através do conhecimento histórico. O grupo, composto de 30 alunos e seis professores, fez um percurso pelos diferentes tempos da arquitetura e do urbanismo porto-alegrenses.

No primeiro dia, o roteiro incluiu visitas guiadas à Igreja das Dores, ao Theatro São Pedro, ao Solar dos Câmara e ao Palácio Piratini. Para coroar, o grupo fez um happy hour no terraço da Casa de Cultura Mário Quintana.


No sábado, a atenção do grupo se focou na Arquitetura Eclética e também na Arquitetura Moderna de Porto Alegre. Saindo do Portão do Cais, o grupo se deslocou pela Av. Sepúlveda, entrada histórica da cidade, atingindo a Praça da Alfândega, onde visitou o MARGS - Museu de Arte do Rio Grande do Sul e o Santander Cultural. O grupo seguiu até o Mercado Público, onde almoçou e pode contemplar o Chalé da Praça XV e o Paço Municipal. 





À tarde, foi realizada visita à Usina do Gasômetro e passeio de Catamarã pelo Guaíba. Após, o grupo conheceu o Edifício Península, edifício contemporâneo projetado pelos arquitetos Cristiano Kunze e Nathália Cantergiani que abriga além de unidades residenciais, galeria de arte e escritório de arquitetura.

















O roteiro se encerrou com passagem pelo Viaduto Otávio Rocha, na Av. Borges de Medeiros, culminando na sede do Instituto de Arquitetos do Brasil, o IAB-RS, onde o grupo assistiu à palestra sobre evolução urbana do município, ministrada pela professora Marta Volkmer.  


O último dia de viagem se iniciou com recital de música erudita e visita guiada ao Instituto Ling, centro cultural projetado pelo arquiteto paulista Isay Weinfeld.





Após almoçar no entorno do Parque Farroupilha, que abriga o tradicional Brique da Redenção, o grupo visitou o principal exemplar da Arquitetura Moderna porto-alegrense, o Hipódromo do Cristal, cujo projeto foi alvo de concurso público vencido pelo arquiteto uruguaio Román Fresnedo Siri. 

Encerrando as atividades de estudo, o grupo fez uma visita guiada ao Museu Iberê Camargo, projeto do premiado arquiteto português Álvaro Siza que coloca Porto Alegre no mapa da arquitetura mundial.



Mais uma vez, a viagem foi muito bem-sucedida, atingindo o objetivo de sensibilizar os alunos e apresentar-lhes exemplos não só de boa arquitetura, mas da cultura em geral. Segundo depoimento dos próprios estudantes, eles conheceram uma outra Porto Alegre e puderam construir um novo olhar sobre o que consideravam conhecido.

A Coordenação do curso agradece a todos os participantes, destacando a disponibilidade dos professores em compartilhar o conhecimento fora do expediente de trabalho e o entusiasmo dos estudantes por acreditarem que sempre há mais a conhecer.



Leia Mais

PALESTRA SOBRE SUSTENTABILIDADE NO PROCESSO DE PROJETO INAUGURA ATIVIDADES DE EXTENSÃO DE 2015/1

O curso de Arquitetura e Urbanismo Ulbra Campus Torres promoveu no dia 25 de março palestra sobre sustentabilidade no projeto de arquitetura, ministrada pelo arquiteto Lennart Bertram Poehls. Arquiteto pela Technischen Universität Carolo-Wilhelmina zu Braunschweig, na Alemanha, Lennart realizou parte da graduação no Politecnico de Turim, na Itália, onde atuou no estúdio Camerana&Partners, escritório responsável por uma série de projetos internacionais nos mais variados temas, envolvendo projetos urbanos, institucionais, residenciais, entre outros. Radicado desde 2008 no Brasil, o arquiteto é Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde atualmente cursa o Doutorado, atuando também como pesquisador do Simmlab/UFRGS, laboratório para simulação e modelagem em Arquitetura e Urbanismo, com foco na avaliação de desempenho do processo de projeto em Arquitetura.



A palestra intitulada “SUSTENTABILIDADE NO PROJETO DE ARQUITETURA: no partido, no projeto e depois da construção”, ao discutir pares aparentemente contraditórios, como por exemplo “liberdade e controle”, apresentou uma visão sobre a sustentabilidade na arquitetura, que se estende para todas as partes do projeto, demonstrando o importante papel que o arquiteto tem para integrar a sustentabilidade com as necessidades de desenvolvimento, conscientizando desde já os estudantes para a grande responsabilidade enquanto profissionais.














A Coordenação do curso agradece ao arquiteto Lennart Bertram Poehls, pela disponibilidade em compartilhar sua experiência e propor importante discussão, agradecendo também ao Professor Enilton Braga, pelo empenho em organizar esta atividade.
Leia Mais

EXTENSÃO 2015/1: VIAGEM DE ESTUDOS A PORTO ALEGRE


Leia Mais

DISCIPLINAS EAD: SUBSTITUIÇÃO DIA 06 DE DEZEMBRO


Leia Mais

INTEGRAÇÃO INTERCAMPI: PROF. BRENO VISITA CEULJI, EM JI-PARANÁ

Dando continuidade ao intercâmbio de experiências entre os cursos de Arquitetura e Urbanismo dos campi de Torres e Ji-Paraná, em Rondônia, iniciado por ocasião da ida da Coordenadora Thaís Menna Barreto em maio deste ano, foi a vez do professor Eng. Breno Clezar Junior conhecer o Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI).

Entre os dias 17 e 19 de novembro, o Prof. Breno realizou uma série de atividades com estudantes e professores do CEULJI, dentre as quais destaca-se o Workshop de Treliças de Espaguete, tradicional concurso promovido pelo Prof. Eng. Moisés Vitoreti na disciplina de Morfologia Estrutural em nosso campus. Realizado em dois módulos com diferentes grupos de alunos, o workshop contemplou a oficina de confecção de maquetes, durante a qual os estudantes montaram as treliças, e o concurso de ruptura, no qual foi avaliada a resistência de cada estrutura.







Logo após o concurso, o Prof. Breno ministrou conferência sobre a importância da compatibilização de projetos e os desafios advindos da nova norma de desempenho de edificações habitacionais, a NBR 15575. Na ocasião, o professor aproveitou para discorrer sobre sua formação em Engenharia Civil, a vivência do cotidiano da construção civil e a experiência como docente do curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Campus Torres há mais de dez anos.







No segundo dia, o professor visitou os laboratórios de Tecnologia e Conforto Ambiental do CEULJI, acompanhado pela Coordenadora de Ensino do Campus Prof. Rosângela Rosa. Além disso, realizou visita técnica ao canteiro de obras da Construtora Casa Alta com a turma de Prática de Obras e o Prof. Eng. Nilton, quando teve oportunidade de conhecer a técnica de paredes de concreto com formas de PVC permanentes.  



Nos moldes do projeto que vem sendo desenvolvido no Campus de Torres, o Prof. Breno ministrou ainda duas aulas sobre Tecnologia da Construção e Orçamento, Controle e Incorporação para o grupo de estudantes participantes do ENADE 2014, avaliação do MEC que será realizada ainda no mês de novembro. Foi realizada ainda integração com a disciplina de Isostática e Resistência dos Materiais, ministrada pelo Prof. Nilton, sobre a importância da resistência dos materiais (aço e concreto) para o desenvolvimento de projetos arquitetônicos.

Coroando a integração entre professores, foi realizada reunião com a Coordenadora de Ensino do CEULJI e o corpo docente do curso de Arquitetura e Urbanismo, coordenado pelo Prof. Dawerson, cuja pauta foram as disciplinas do eixo de Engenharia e Tecnologia.


Agradecemos mais uma vez pela acolhida de toda a equipe do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná , reiterando a importância das atividades de integração entre campi, o intercâmbio cultural e a troca de conhecimentos.


Leia Mais

SAERGS NA ESTRADA: SINDICATO DOS ARQUITETOS VISITA ULBRA TORRES

Na última terça, 18 de novembro, o curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Torres recebeu representantes do Sindicato dos Arquitetos do Rio Grande do Sul (SAERGS) e do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS), no evento chamado “SAERGS na Estrada”, cujo objetivo é aproximar os órgãos representativos do público acadêmico e profissional.



A abertura do evento ficou a cargo da Coordenadora do curso Thaís Menna Barreto, que destacou a importância da valorização da profissão e da necessidade de tomada de consciência desde o período de formação dos futuros profissionais, salientando que já é tradição do curso estimular o contato com entidades representativas através de palestras e outras atividades de extensão.   

Em seguida, a Arq. Andréa dos Santos, presidente do SAERGS, procedeu a apresentação institucional do Sindicato, destacando as iniciativas de aproximação com os profissionais e as campanhas em prol da contratação do arquiteto e urbanista como premissa para o desenvolvimento urbano sustentado. A presidente do SAERGS passou a palavra à representante do CAU/RS no Litoral Norte, conselheira Arq. Claudia Casaccia, que apresentou a estrutura organizacional do conselho.

Logo após, o diretor do SAERGS, Arq André Huyer, conduziu um bate-papo sobre o planejamento urbano na região litorânea do RS. Ao retratar as origens e o processo de evolução urbana, Huyer provocou o público presente, composto em sua maioria pelos estudantes do curso, ao questionar qual cidade que queremos e em que medida esta cidade contempla os atrativos naturais que consolidaram o turismo na região.

Ao final, a plateia tomou parte na discussão, endereçando suas dúvidas aos representantes já citados, além dos agentes de fiscalização do CAU/RS Andréa Pinheiro e Cássio Lorensini, que também acompanhavam a delegação. O debate foi muito profícuo, fazendo convergir o entendimento da necessária união entre pares, como principal vetor para valorização profissional.

Além das palestras, o evento contou com coffee break oferecido pelo SAERGS, que oportunizou a interação entre os profissionais da região, os representantes das entidades, professores e formandos do curso. Estes últimos também estiveram envolvidos na coleta de dados biométricos para confecção do registro profissional, realizada por representantes do CAU.

O saldo da atividade, realizada em parceria pelo SAERGS, CAU/RS e o curso de Arquitetura e Urbanismo, foi certamente muito positivo, fazendo reverberar entre os estudantes a necessidade de valorização da profissão. A Coordenação do curso agradece a todos os envolvidos, especialmente ao SAERGS, na figura de sua presidente Andrea, pela disponibilidade em estabelecer esta aproximação com os estudantes.
Leia Mais

VIAGEM DE ESTUDOS 2014/2: CURITIBA

O curso de Arquitetura e Urbanismo promoveu, de 06 a 10 de novembro, viagem de estudos a Curitiba. As viagens de estudo possuem caráter didático importante, especialmente para o nosso curso, cujo foco é a organização do espaço em nível arquitetônico e urbano, e objetivam desenvolver o olhar dos estudantes e ampliar seu repertório formal. 

A cidade de Curitiba é referência internacional por suas inovações urbanísticas e os cuidados com o ambiente construído, desenvolvidos através de um planejamento urbano rigoroso, cujo panorama histórico foi apresentado aos estudantes em aula preparatória ministrada pela Prof. Karla Barros Coelho no dia 30 de outubroAlém disso, a capital paranaense reúne obras de destaque no cenário brasileiro, como o Museu Oscar Niemeyer, projetado pelo célebre arquiteto, e um sistema de espaços verdes e parques urbanos de reconhecida qualidade.


O roteiro do grupo, composto de 37 estudantes e os professores Bianca Breyer, Breno Clezar, Efreu Quintana, Karla Barros Coelho, Marione Otto e Renata Selau, teve início no Centro Cultural Teatro Guaíra, marco da arquitetura modernista paranaense situado na Praça Santos Andrade, onde se localiza também a sede histórica da Universidade Federal do Paraná. A visita ao Teatro Guaíra foi guiada pelo produtor Áldice Lopes, que explicou que o centro cultural abriga companhias de teatro e dança, além da orquestra do Estado. O produtor apresentou em detalhes a estrutura física do centro cultural projetado por Rubens Meister. Além da visita aos três auditórios Bento Munhoz da Rocha Netto, Salvador de Ferrante e Glauco Flores de Sá Brito, com capacidade respectiva de 1000, 500 e 100 lugares, o grupo percorreu os bastidores de todo o complexo, o que possibilitou uma visão privilegiada do minucioso funcionamento de uma casa de espetáculos desta envergadura.


Após a visita, a delegação fez uma breve parada no Espaço Cultural da Capela Santa Maria, edificação histórica transformada em sala de concertos e sede da Camerata Antiqua de Curitiba, cuja intervenção de restauro é considerada um marco na preservação da memória e do patrimônio da cidade.



Finalizando o primeiro dia, a delegação foi recebida no espaço cultural Instituto G Arquitetura, cuja sede é a casa projetada em 1953 pelo Arquiteto Vilanova Artigas para o médico Dr. João Luiz Bettega na Rua da Paz, tombada pelo patrimônio histórico nas esferas municipal e estadual. Após a palestra “Vida e obra de Vilanova Artigas”, ministrada pela Arq. Giceli Portela, diretora do Instituto e professora do curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, foi realizada a visita às instalações da antiga residência, durante a qual os estudantes puderam perceber as peculiaridades do programa que agregava o consultório do proprietário e a distribuição dos espaços, interligados pela rampa central.








No segundo dia, as atividades iniciaram pela visita guiada ao Jardim Botânico Municipal, um dos principais pontos turísticos de Curitiba, cujo desenho é parcialmente inspirado nos jardins franceses. Durante o percurso, o engenheiro agrônomo Paulo explicou a diferença entre parque e jardim botânico, sublinhando a necessidade de zoneamento de espécies por bioma, aspectos da manutenção da vegetação e do sistema de irrigação, estruturado pela coleta de água da chuva. Ao final, os estudantes percorreram o Jardim das Sensações, trilha que busca estimular os sentidos do tato, olfato e audição, e contempla a acessibilidade ao portador de deficiência visual.



Logo após, o grupo fez uma breve parada na Ópera de Arame, estrutura metálica com fechamento transparente encravada no Parque das Pedreiras, segundo projeto do arquiteto Domingos Bongestabs.



A visita ao Museu Oscar Niemeyer – MON encerrou o roteiro do segundo dia, oportunizando que os estudantes conhecessem o complexo composto por dois edifícios projetados por Niemeyer em fases distintas de sua carreira. O chamado Edifício Presidente Humberto Castelo Branco, prédio principal iniciado em 1967 e inaugurado em 1978, abrigava originalmente secretarias do estado até que, em 2001, as autoridades decidiram transformá-lo em museu. O prédio foi adaptado e ganhou o anexo, popularmente conhecido como Olho, também de autoria de Niemeyer. No prédio principal, além de conhecer as instalações da loja e do café do museu, o grupo percorreu várias exposições em cartaz, com destaque para a série “Genesis”, do fotógrafo Sebastião Salgado; a exposição “Frida Kahlo - as suas fotografias” e a mostra da 7ª edição do prêmio de design industrial IDEA/Brasil. Além disso, visitou o Espaço Niemeyer, exposição permanente com fotos, maquetes e croquis das principais obras do arquiteto, realizadas de 1941 até 2002. 



No domingo, o roteiro se concentrou, inicialmente, no Centro Histórico de Curitiba, que reúne construções antigas e preserva características do tecido tradicional, com ruas estreitas. O destaque ficou por conta do Largo da Ordem, núcleo onde se originou a ocupação, que abriga tradicional Feira de Arte e Artesanato.





Após o almoço, o grupo se deslocou até a cidade da Lapa, distante cerca de 70km da capital, um marco referencial no processo de ocupação paranaense, que se estruturou ao longo do antigo caminho das tropas, gerando uma conformação urbanística linear. Coroando a viagem, a visita guiada ao conjunto tombado pelo IPHAN percorreu o centro urbano composto por casas térreas construídas no alinhamento, com destaque para a Igreja Matriz de Santo Antônio, edificação mais antiga da cidade com arquitetura de influência luso-brasileira; o Theatro São João; e o Museu Casa Coronel Joaquim Lacerda.








A Coordenação do curso agradece a todos os envolvidos, professores e alunos e, especialmente, aos responsáveis pelas visitas guiadas, que nos acolheram de forma tão generosa, com agradecimento especial à arquiteta Giceli Portela e ao produtor Áldice Lopes.
Como as viagens de estudo já se tornaram uma tradição em nosso curso, em breve faremos o lançamento do próximo destino, aguardem! 


Leia Mais