DISCIPLINAS EAD: SUBSTITUIÇÃO DIA 06 DE DEZEMBRO


Read More

INTEGRAÇÃO INTERCAMPI: PROF. BRENO VISITA CEULJI, EM JI-PARANÁ

Dando continuidade ao intercâmbio de experiências entre os cursos de Arquitetura e Urbanismo dos campi de Torres e Ji-Paraná, em Rondônia, iniciado por ocasião da ida da Coordenadora Thaís Menna Barreto em maio deste ano, foi a vez do professor Eng. Breno Clezar Junior conhecer o Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI).

Entre os dias 17 e 19 de novembro, o Prof. Breno realizou uma série de atividades com estudantes e professores do CEULJI, dentre as quais destaca-se o Workshop de Treliças de Espaguete, tradicional concurso promovido pelo Prof. Eng. Moisés Vitoreti na disciplina de Morfologia Estrutural em nosso campus. Realizado em dois módulos com diferentes grupos de alunos, o workshop contemplou a oficina de confecção de maquetes, durante a qual os estudantes montaram as treliças, e o concurso de ruptura, no qual foi avaliada a resistência de cada estrutura.







Logo após o concurso, o Prof. Breno ministrou conferência sobre a importância da compatibilização de projetos e os desafios advindos da nova norma de desempenho de edificações habitacionais, a NBR 15575. Na ocasião, o professor aproveitou para discorrer sobre sua formação em Engenharia Civil, a vivência do cotidiano da construção civil e a experiência como docente do curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Campus Torres há mais de dez anos.







No segundo dia, o professor visitou os laboratórios de Tecnologia e Conforto Ambiental do CEULJI, acompanhado pela Coordenadora de Ensino do Campus Prof. Rosângela Rosa. Além disso, realizou visita técnica ao canteiro de obras da Construtora Casa Alta com a turma de Prática de Obras e o Prof. Eng. Nilton, quando teve oportunidade de conhecer a técnica de paredes de concreto com formas de PVC permanentes.  



Nos moldes do projeto que vem sendo desenvolvido no Campus de Torres, o Prof. Breno ministrou ainda duas aulas sobre Tecnologia da Construção e Orçamento, Controle e Incorporação para o grupo de estudantes participantes do ENADE 2014, avaliação do MEC que será realizada ainda no mês de novembro. Foi realizada ainda integração com a disciplina de Isostática e Resistência dos Materiais, ministrada pelo Prof. Nilton, sobre a importância da resistência dos materiais (aço e concreto) para o desenvolvimento de projetos arquitetônicos.

Coroando a integração entre professores, foi realizada reunião com a Coordenadora de Ensino do CEULJI e o corpo docente do curso de Arquitetura e Urbanismo, coordenado pelo Prof. Dawerson, cuja pauta foram as disciplinas do eixo de Engenharia e Tecnologia.


Agradecemos mais uma vez pela acolhida de toda a equipe do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná , reiterando a importância das atividades de integração entre campi, o intercâmbio cultural e a troca de conhecimentos.


Leia Mais

SAERGS NA ESTRADA: SINDICATO DOS ARQUITETOS VISITA ULBRA TORRES

Na última terça, 18 de novembro, o curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Torres recebeu representantes do Sindicato dos Arquitetos do Rio Grande do Sul (SAERGS) e do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS), no evento chamado “SAERGS na Estrada”, cujo objetivo é aproximar os órgãos representativos do público acadêmico e profissional.



A abertura do evento ficou a cargo da Coordenadora do curso Thaís Menna Barreto, que destacou a importância da valorização da profissão e da necessidade de tomada de consciência desde o período de formação dos futuros profissionais, salientando que já é tradição do curso estimular o contato com entidades representativas através de palestras e outras atividades de extensão.   

Em seguida, a Arq. Andréa dos Santos, presidente do SAERGS, procedeu a apresentação institucional do Sindicato, destacando as iniciativas de aproximação com os profissionais e as campanhas em prol da contratação do arquiteto e urbanista como premissa para o desenvolvimento urbano sustentado. A presidente do SAERGS passou a palavra à representante do CAU/RS no Litoral Norte, conselheira Arq. Claudia Casaccia, que apresentou a estrutura organizacional do conselho.

Logo após, o diretor do SAERGS, Arq André Huyer, conduziu um bate-papo sobre o planejamento urbano na região litorânea do RS. Ao retratar as origens e o processo de evolução urbana, Huyer provocou o público presente, composto em sua maioria pelos estudantes do curso, ao questionar qual cidade que queremos e em que medida esta cidade contempla os atrativos naturais que consolidaram o turismo na região.

Ao final, a plateia tomou parte na discussão, endereçando suas dúvidas aos representantes já citados, além dos agentes de fiscalização do CAU/RS Andréa Pinheiro e Cássio Lorensini, que também acompanhavam a delegação. O debate foi muito profícuo, fazendo convergir o entendimento da necessária união entre pares, como principal vetor para valorização profissional.

Além das palestras, o evento contou com coffee break oferecido pelo SAERGS, que oportunizou a interação entre os profissionais da região, os representantes das entidades, professores e formandos do curso. Estes últimos também estiveram envolvidos na coleta de dados biométricos para confecção do registro profissional, realizada por representantes do CAU.

O saldo da atividade, realizada em parceria pelo SAERGS, CAU/RS e o curso de Arquitetura e Urbanismo, foi certamente muito positivo, fazendo reverberar entre os estudantes a necessidade de valorização da profissão. A Coordenação do curso agradece a todos os envolvidos, especialmente ao SAERGS, na figura de sua presidente Andrea, pela disponibilidade em estabelecer esta aproximação com os estudantes.
Leia Mais

VIAGEM DE ESTUDOS 2014/2: CURITIBA

O curso de Arquitetura e Urbanismo promoveu, de 06 a 10 de novembro, viagem de estudos a Curitiba. As viagens de estudo possuem caráter didático importante, especialmente para o nosso curso, cujo foco é a organização do espaço em nível arquitetônico e urbano, e objetivam desenvolver o olhar dos estudantes e ampliar seu repertório formal. 

A cidade de Curitiba é referência internacional por suas inovações urbanísticas e os cuidados com o ambiente construído, desenvolvidos através de um planejamento urbano rigoroso, cujo panorama histórico foi apresentado aos estudantes em aula preparatória ministrada pela Prof. Karla Barros Coelho no dia 30 de outubroAlém disso, a capital paranaense reúne obras de destaque no cenário brasileiro, como o Museu Oscar Niemeyer, projetado pelo célebre arquiteto, e um sistema de espaços verdes e parques urbanos de reconhecida qualidade.


O roteiro do grupo, composto de 37 estudantes e os professores Bianca Breyer, Breno Clezar, Efreu Quintana, Karla Barros Coelho, Marione Otto e Renata Selau, teve início no Centro Cultural Teatro Guaíra, marco da arquitetura modernista paranaense situado na Praça Santos Andrade, onde se localiza também a sede histórica da Universidade Federal do Paraná. A visita ao Teatro Guaíra foi guiada pelo produtor Áldice Lopes, que explicou que o centro cultural abriga companhias de teatro e dança, além da orquestra do Estado. O produtor apresentou em detalhes a estrutura física do centro cultural projetado por Rubens Meister. Além da visita aos três auditórios Bento Munhoz da Rocha Netto, Salvador de Ferrante e Glauco Flores de Sá Brito, com capacidade respectiva de 1000, 500 e 100 lugares, o grupo percorreu os bastidores de todo o complexo, o que possibilitou uma visão privilegiada do minucioso funcionamento de uma casa de espetáculos desta envergadura.


Após a visita, a delegação fez uma breve parada no Espaço Cultural da Capela Santa Maria, edificação histórica transformada em sala de concertos e sede da Camerata Antiqua de Curitiba, cuja intervenção de restauro é considerada um marco na preservação da memória e do patrimônio da cidade.



Finalizando o primeiro dia, a delegação foi recebida no espaço cultural Instituto G Arquitetura, cuja sede é a casa projetada em 1953 pelo Arquiteto Vilanova Artigas para o médico Dr. João Luiz Bettega na Rua da Paz, tombada pelo patrimônio histórico nas esferas municipal e estadual. Após a palestra “Vida e obra de Vilanova Artigas”, ministrada pela Arq. Giceli Portela, diretora do Instituto e professora do curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, foi realizada a visita às instalações da antiga residência, durante a qual os estudantes puderam perceber as peculiaridades do programa que agregava o consultório do proprietário e a distribuição dos espaços, interligados pela rampa central.








No segundo dia, as atividades iniciaram pela visita guiada ao Jardim Botânico Municipal, um dos principais pontos turísticos de Curitiba, cujo desenho é parcialmente inspirado nos jardins franceses. Durante o percurso, o engenheiro agrônomo Paulo explicou a diferença entre parque e jardim botânico, sublinhando a necessidade de zoneamento de espécies por bioma, aspectos da manutenção da vegetação e do sistema de irrigação, estruturado pela coleta de água da chuva. Ao final, os estudantes percorreram o Jardim das Sensações, trilha que busca estimular os sentidos do tato, olfato e audição, e contempla a acessibilidade ao portador de deficiência visual.



Logo após, o grupo fez uma breve parada na Ópera de Arame, estrutura metálica com fechamento transparente encravada no Parque das Pedreiras, segundo projeto do arquiteto Domingos Bongestabs.



A visita ao Museu Oscar Niemeyer – MON encerrou o roteiro do segundo dia, oportunizando que os estudantes conhecessem o complexo composto por dois edifícios projetados por Niemeyer em fases distintas de sua carreira. O chamado Edifício Presidente Humberto Castelo Branco, prédio principal iniciado em 1967 e inaugurado em 1978, abrigava originalmente secretarias do estado até que, em 2001, as autoridades decidiram transformá-lo em museu. O prédio foi adaptado e ganhou o anexo, popularmente conhecido como Olho, também de autoria de Niemeyer. No prédio principal, além de conhecer as instalações da loja e do café do museu, o grupo percorreu várias exposições em cartaz, com destaque para a série “Genesis”, do fotógrafo Sebastião Salgado; a exposição “Frida Kahlo - as suas fotografias” e a mostra da 7ª edição do prêmio de design industrial IDEA/Brasil. Além disso, visitou o Espaço Niemeyer, exposição permanente com fotos, maquetes e croquis das principais obras do arquiteto, realizadas de 1941 até 2002. 



No domingo, o roteiro se concentrou, inicialmente, no Centro Histórico de Curitiba, que reúne construções antigas e preserva características do tecido tradicional, com ruas estreitas. O destaque ficou por conta do Largo da Ordem, núcleo onde se originou a ocupação, que abriga tradicional Feira de Arte e Artesanato.





Após o almoço, o grupo se deslocou até a cidade da Lapa, distante cerca de 70km da capital, um marco referencial no processo de ocupação paranaense, que se estruturou ao longo do antigo caminho das tropas, gerando uma conformação urbanística linear. Coroando a viagem, a visita guiada ao conjunto tombado pelo IPHAN percorreu o centro urbano composto por casas térreas construídas no alinhamento, com destaque para a Igreja Matriz de Santo Antônio, edificação mais antiga da cidade com arquitetura de influência luso-brasileira; o Theatro São João; e o Museu Casa Coronel Joaquim Lacerda.








A Coordenação do curso agradece a todos os envolvidos, professores e alunos e, especialmente, aos responsáveis pelas visitas guiadas, que nos acolheram de forma tão generosa, com agradecimento especial à arquiteta Giceli Portela e ao produtor Áldice Lopes.
Como as viagens de estudo já se tornaram uma tradição em nosso curso, em breve faremos o lançamento do próximo destino, aguardem! 


Leia Mais

ULBRA CAMPUS TORRES PARTICIPA DE SEMINÁRIO SOBRE O ENSINO DE ARQUITETURA E URBANISMO PROMOVIDO PELO CAU/RS

Na última sexta, dia 17 de outubro, a Coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Campus Torres Thaís Menna Barreto, sua adjunta Bianca Breyer Cardoso e a Prof. Karla Barros Coelho participaram do Seminário “O ensino de Arquitetura e Urbanismo no Brasil: Teoria e Prática”, promovido pelo CAU/RS. O evento, que é uma iniciativa das Comissões de Ensino e Formação e Exercício Profissional do CAU/RS, teve como público alvo diretores, coordenadores e professores dos cursos de graduação em Arquitetura e Urbanismo. 


Na pauta, foram discutidos os seguintes temas: 
- o Cenário de ensino e formação em Arquitetura e Urbanismo no Brasil, apresentado pelo Coordenador Adjunto da Comissão de Ensino e Formação do CAU/BR, Fernando José de Medeiros Costa; 
- a Prática assistida da Arquitetura e Urbanismo no RS, em exposição dos arquitetos Nirce Saffer Medvedovski e Carlos Eduardo M. Pedone, respectivamente, coordenadores das Comissões de Ensino e Formação e de Exercício Profissional do CAU/RS; 
- a Lei Federal 10.172/2001 e a Meta 23 do Plano Nacional de Educação, apresentadas pelo Arq. Pablo Cesar Benetti, Pró-Reitor de Extensão da UFRJ; 
- e a obrigatoriedade do Estágio em Arquitetura e Urbanismo, apresentado pelo Prof. Gogliardo Maragno, Vice-Presidente da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA).
Na ocasião, além da ampliação do conhecimento e do contato com coordenadores e professores de instituições de ensino, as professoras tiveram oportunidade de conhecer as instalações do CAU/RS, primeiro conselho estadual a possuir sede própria.
A Coordenação do curso deixa registrado o agradecimento ao CAU/RS, na figura de seu presidente Arq. Roberto Py, por fomentar o debate acerca do ensino de Arquitetura e Urbanismo, aspecto fundamental na busca pela qualificação constante, uma das premissas de nossa instituição.   
    

Leia Mais

EXTENSÃO 2014/2: CURSO DE MOBILIDADE URBANA - GERENCIAMENTO DE CIRCULAÇÃO VIÁRIA


Leia Mais

VESTIBULAR 2015: INSCRIÇÕES ABERTAS


VESTIBULAR 2015 com inscrições abertas.

Saiba mais em: www.ulbra.br/vestibular



Leia Mais

EXTENSÃO 2014/2: VIAGEM DE ESTUDOS A CURITIBA - data alterada


Leia Mais

5º SARAU DAS NAÇÕES DIVULGA INTERCÂMBIO ATRAVÉS DE RELATOS DE EXPERIÊNCIAS

No dia 09 de setembro, às 19h30min, a Assessoria de Relações Internacionais promove a 5ª edição do Sarau das Nações, que objetiva apresentar os alunos estrangeiros que estão realizando intercâmbio na ULBRA e conhecer a experiência dos nossos alunos que já participaram de algum programa de mobilidade acadêmica.


                                   
A ULBRA, através dos convênios de cooperação internacional que mantêm com várias instituições de ensino superior de diversos países, oportuniza que os estudantes participem do programa de mobilidade intercâmbio acadêmico.

O 5º Sarau das Nações é uma ótima oportunidade para alunos interessados em cursar parte da sua graduação em instituições conveniadas com a ULBRA. Além disso, a atividade concede atestado para as atividades complementares.

Saiba mais em:

Ou siga no Facebook:

Leia Mais

EXTENSÃO 2014/2: VIAGEM DE ESTUDOS A CURITIBA


Leia Mais

PROFESSORA DE ARQUITETURA E URBANISMO DA ULBRA TORRES DEFENDE TESE DE DOUTORADO

A Professora Karla Nunes de Barros Coelho, do curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Campus Torres, defendeu nesta sexta 22 de agosto sua tese de doutorado em Planejamento Urbano e Regional, no Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PROPUR/UFRGS). A banca examinadora, composta pelos professores doutores Tito Carlos Machado de Oliveira, Adriana Dorfman, Gilberto Flores Cabral e Heleniza Ávila Campos, foi conduzida pelo orientador do trabalho Prof. Dr. Eber Pires Marzulo.






A pesquisa analisou as manifestações de fronteira no espaço urbano das cidades-gêmeas Santana do Livramento (BR) – Rivera (UY) e Uruguaiana (BR) - Paso de los Libres (AR), com o objetivo de avaliar a vivência cotidiana deste espaço. Através de articulações teóricas e de relatos de diferentes gerações de cidadãos, chegou ao entendimento das práticas cotidianas locais, suas dimensões simbólicas e materiais, como constituidoras desses espaços. Ao final, a autora conclui que “a fronteira, porosa e de inúmeras interações, pode ter o limite como marco, mas a convivência com o outro faz com que se tenham espaços urbanos bi-nacionais, mesmo que isto não esteja oficialmente estabelecido, e que o Estado-nação não reconheça o fato”.

A Coordenação do curso de Arquitetura e Urbanismo parabeniza a Profª. Drª. Karla pela relevante conquista, que coroa sua trajetória de formação acadêmica, e engrandece ainda mais nossa instituição, ao reforçar a qualidade do ensino oferecido a partir da qualificação de nosso corpo docente. Ademais, agradece a professora por todo seu empenho e dedicação ao curso, sobretudo por ter conciliado as atividades docentes mesmo na reta final de conclusão de sua tese.
Leia Mais

PRESIDENTE DO CAU/RS PRESTIGIA FORMATURA DE ARQUITETURA E URBANISMO DA ULBRA CAMPUS TORRES


Na última semana, o curso de Arquitetura e Urbanismo recebeu representantes do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul – CAU/RS em seu campus. No dia 13 de agosto, as profissionais do setor de atendimento do CAU/RS Cheila Chagas e Simone Perotto realizaram, pela primeira vez na ULBRA Torres, a coleta de dados biométricos
para a confecção dos cartões de identificação dos formandos, oportunizando o primeiro contato dos futuros profissionais com seu Conselho.


Coleta de dados biométricos realizada na Ulbra Campus Torres

Já no sábado, dia 15, o CAU/RS se fez presente na cerimônia de colação de grau dos novos arquitetos e urbanistas formados por nossa Instituição. Desde sua criação, o Conselho tem participado da mesa de autoridades, mas desta vez fomos honrados com a presença de seu ilustre presidente Arquiteto Roberto Py Gomes da Silveira, figura histórica na luta pelos direitos dos arquitetos e urbanistas, que foi Professor Titular e Diretor da Faculdade de Arquitetura da UFRGS. 



Presidente do CAU/RS Arq. Roberto Py participa da mesa de autoridades, ao lado do Prof. Efreu Quintana, representante do IAB-RS

A Coordenação do curso de Arquitetura e Urbanismo da ULBRA Campus Torres manifesta seus sinceros agradecimentos ao presidente Arq. Roberto Py, pela disponibilidade em prestigiar o curso e nossos formandos. Sua presença e as palavras de incentivo certamente contribuirão para que estes novos profissionais sintam-se amparados pelo CAU e se engajem em prol da valorização da nossa profissão.  





Leia Mais

CURSO COMEMORA DEZ ANOS DE FORMATURA DE SUA PRIMEIRA TURMA

O curso de Arquitetura e Urbanismo Ulbra Torres comemora os dez anos da Formatura de sua primeira turma, parabenizando os egressos pioneiros e desejando-lhes sucesso constante!



Ulbra Torres está de portas abertas para recebê-los a qualquer tempo, em nossas palestras, viagens, cursos de extensão e Pós Graduação Ulbra Torres.
Leia Mais

GRUPO DE ESTUDANTES E PROFESSORES VISITA A CONSTRUSUL

Na última sexta, 08 de agosto, os professores Eng. Breno Clezar e Eng. Moisés Vitoreti conduziram um grupo composto por 27 estudantes em visita à Construsul. 


A 17ª Feira Internacional da Construção, realizada anualmente em Novo Hamburgo, engloba os setores de construção, acabamentos e infraestrutura. O evento tem como expositores as mais importantes indústrias do Brasil e oferece aos estudantes a oportunidade de ampliar o conhecimento, através do contato com novos materiais e tecnologias construtivas, além de permitir sua interação com o mercado e os fornecedores. 



A Coordenação do curso agradece aos professores Breno e Moisés, por organizarem a visita técnica e, principalmente, por abrirem mão de um dia de descanso, feriado municipal, para acompanhar o grupo nesta atividade de extensão, reafirmando seu engajamento e dedicação à nossa Instituição.    


Leia Mais

PRÁTICA DE PROJETOS II ESTIMULA A PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO INTERNACIONAL DE ESTUDANTES

A disciplina de Prática de Projetos II, segunda na sequência projetual, adota a arquitetura escolar como tema, desafiando os estudantes a refletirem sobre sua própria trajetória nos ambientes de ensino para desenvolver o projeto de uma Escola de Ensino Fundamental.

No primeiro semestre de 2014, sob orientação das professoras Graziela Becker e Karla Barros Coelho, a disciplina teve um diferencial, ao estimular a participação dos alunos em um concurso internacional de estudantes de Arquitetura e Urbanismo. Diante do convite e apresentação do regulamento, uma parte dos estudantes aceitou o desafio e desenvolveu o projeto visando a participação no concurso intitulado "Casa del Niño", integrante da IX Bienal Ibero Americana de Arquitetura e Urbanismo, a se realizar em Rosario, Argentina, ainda neste ano.



Os trabalhos concorrentes passaram por uma banca interna, composta pelos integrantes do escritório 0e1 Arquitetos, recentemente premiado no Concurso Público Nacional de Arquitetura e Projetos Complementares para a Expansão e a Ampliação da SENGE-RS. Fizeram parte do júri os arquitetos Ana Cristina Castagna, integrante do corpo docente da ULBRA Campus Torres, Ana Carolina Manfroi, Gabriel Giambastiani, Mario Guidoux, Anderson DallAlba e Mathias SantAnna.

Considerando as diretrizes traçadas no regulamento do concurso, a banca selecionou três trabalhos para representar o curso de Arquitetura e Urbanismo da Ulbra Campus Torres no Concurso Casa del Niño. Como critério, foram selecionados os trabalhos que mais representavam o processo projetual completo, desde sua concepção até a definição de características técnicas.

A seguir, os trabalhos selecionados e o parecer da banca:

1. Gabriel Axmann
Partido que estimula o convívio, característica inerente de uma escola. Com estudos satisfatórios de materialidade e estratégias ambientas, o projeto também apresenta plantas baixas ordenadas e bem resolvidas. Poderia evoluir no estudo de fachadas e acabamentos.

2. Christoffer Costa e Silva da Rosa
Zoneamento bem definido, gerando boa organização de plantas baixas. Boa definição de materialidade e tecnologias implantadas mas poderia ter tido, durante as etapas de estudo, ter tido mais cuidado com o caráter da edificação.

3. Rodrigo Bauer Machado
Satisfatório estudo de fluxos e volumetrias, poderia ter evoluído na resolução do sistema de fachadas e estudo formal da cobertura de acesso. 
Leia Mais

SAIBA MAIS SOBRE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO: QUAL A DIFERENÇA ENTRE O ENGENHEIRO E O TÉCNICO?

O que é um Engenheiro em Segurança do Trabalho?
Um Engenheiro de Segurança do Trabalho é o profissional, geralmente formado em qualquer Engenharia ou Arquitetura com pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho (apesar de existir o curso bacharelado). É a única pós, além das especialidades de medicina que garantem um título a mais de graduação.
A profissão é regulamentadapela Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985, que dispõe sobre a especialização de Engenheiros e Arquitetos em Engenharia de Segurança do Trabalho, a profissão de Técnico de Segurança do Trabalho, e dá outras providências.
O engenheiro de segurança do trabalho tem a função de assegurar que o trabalhador não corra riscos de acidentes em sua atividade profissional, sejam eles danos físicos ou psicológicos. Esse profissional administra e fiscaliza a segurança no meio industrial, organiza programas de prevenção de acidentes, elabora planos de prevenção de riscos ambientais, faz inspeções e emite laudos técnicos. Assessora empresas em assuntos relativos à segurança e higiene do trabalho, examinando instalações e os materiais e processos de fabricação utilizados pelo trabalhador. Orienta a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) das companhias. Pode, ainda, ministrar palestras e treinamentos e implementar programas de meio ambiente e ecologia.

Qual a diferença entre Técnico em Segurança do Trabalho e Engenheiro de Segurança do Trabalho?
O Engenheiro têm formação superior, já o técnico de segurança do trabalho é um profissional com formação pelo ensino secundário. O técnico põe em prática as medidas e os estudos avaliativos do engenheiro, e é responsável pela fiscalização constante do ambiente de trabalho.

Principais Atividades:
As principais atividades de um Engenheiro em Segurança do Trabalho são: assessorar empresas em assuntos relativos à segurança e higiene do trabalho, examinando locais e condições do ambiente, instalações em geral e material, métodos e processos de fabricação adotados pelo trabalhador, determinando as necessidades da empresa no campo de prevenção de acidentes. Assim, adaptando os recursos técnicos e humanos, a adequação da máquina ao homem e do homem à máquina, para proporcionar maior segurança ao trabalhador. Os estudos e medidas preventivas do engenheiro são, então, colocados em prática pelos Técnicos em Segurança do Trabalho presentes no meio fabril.
Além disso, um Engenheiro em Segurança do Trabalho é responsável por desenvolver programas de treinamento, cursos, campanhas e palestras, com objetivo de divulgar normas de segurança, visando evitar acidentes do trabalho.

Mercado de Trabalho:
A demanda é crescente pelo profissional de Engenharia de Segurança do Trabalho, em razão do aumento da complexidade da legislação e das normas atinentes; do surgimento de novos processos industriais e da constante evolução tecnológica; do desenvolvimento industrial; e das exigências crescentes do governo e da sociedade pela adoção de práticas seguras de trabalho, que preservem a saúde e a integridade física e laboral dos trabalhadores, o que leva ao aumento das oportunidades de trabalho para todos os profissionais de engenharia.
Estes fatores levam naturalmente a necessidade de mais profissionais qualificados na área de segurança do trabalho, proporcionando níveis de proteção adequada a segurança e saúde do trabalhador.
O mercado ligado à construção civil é amplo e predomina nas grandes empresas, localizadas, principalmente, nas metrópoles do país. A região Sudeste (onde se localiza o estado de São Paulo) é uma das que mais registra acidentes e doenças ocupacionais, por concentrar maior número de empresas, demandando ações prevencionistas importantes. Assim, torna-se um mercado atrativo para este profissional, que pode desenvolver importantes técnicas de profilaxia e prevenção da saúde do trabalhador, detectando os riscos ao profissional e apontando soluções.

* Fonte: material extraído do blog PET ENGENHARIA CIVIL 
http://blogdopetcivil.com/2010/11/02/seguranca-do-trabalho-na-construcao-civil-%E2%80%93-parte-ii/





Leia Mais

PÓS 2014/2: ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO





Leia Mais